quarta-feira, 19 de junho de 2013

Falando sobre o que é ser virtuosa

Hoje esse assunto virou moda. Ah, eu sou virtuosa, ah, eu sou como a mulher descrita em Provérbios 31. Será?
Acho que não.
As mulheres ditas "cristãs" já estão tão contaminadas com os moldes mundanos que é difícil reconhecer os valores descritos em Provérbios nas mulheres atualmente.
Gritar com o marido, não faz a mulher ser virtuosa.
Pagar o mal com o mal (no relacionamento com o marido) também.
Agora, basta ter um blog, postar umas fotos com roupa de perigueti, beijando a Bíblia, minha filha pelo amor de Deus acorda, acorda enquanto há tempo.
No passado conheci uma pastora que se dizia virtuosa mas, que dava sinais claros que havia algo de errado, era um cristianismo de aparência mas, que se notava nas 4 paredes, a coisa não era bem assim, detalhe hoje ela é divorciada do marido.
Então tenho aqui para comigo, onde há fumaça, há fogo.
Eu sei, terão aquelas pessoas que dirão, mas, vc não pode julgar, Jesus não faria isso.
Mas, eu também não posso deixar de usar esse lindo cérebro que Deus me deu, e raciocinar sobre as coisas, ponderar.
Faça uma coisa: analise, não engula tudo que te colcocarem na frente, sem pensar, sem avaliar.
Hipocrisia agente tem em pencas, mas, um coração, voltado realmente para o Senhor e que deseja mesmo ser VIRTUOSA, isso eu acho muito, muito raro.
Eu desejo ser, luto por ser e espero deixar esse legado para as minhas filhas e netos.

Um comentário:

Danielle Rodrigues disse...

É isso mesmo Cris!Concordo, a mulherada não quer vigiar nas roupas e nem no resto!